A Juristocracia
27/03/2018
A APROXIMAÇÃO ENTRE BRASIL E EUA – O Globalismo e o Socialismo
06/11/2018

Os passos para a Ditadura na Venezuela:
O Desarmamento

O caos que se instalou na Venezuela, com a falta de alimentos (população morrendo de fome) e o Totalitarismo de Nicolás Maduro, faz parte de ações programadas da Esquerda Mundial sobre a América Latina.

O Encontro Internacional sobre Desarmamento que aconteceu na Venezuela em 2012, teve o discurso desarmamentista, a convite de Hugo Chávez, de Antonio Rangel Bandeira – coordenador do Projeto de Controle de Armas do Viva Rio, responsável pela retirada de 500 mil armas de circulação, através de três campanhas nacionais de entrega “voluntária” de armas no Brasil, com o sempre falso pretexto de diminuição da violência pela redução do número de armas de fogo.

Nesta época, o governo de Hugo Chávez pretendia implementar uma nova lei de controle de armas na Venezuela e formou a Comissão Presidencial de Controle de Armas, Munição e Desarmamento, para dar andamento no projeto.

Em 2014, Nicolás Maduro assinou o programa governamental “Plano Nacional de Desarmamento – PND”, com o falso discurso de promoção da “Paz”:

Estamos a construir a paz (…) e para tal faz falta o desarmamento, para coroar o processo de paz.” – Maduro, na Avenida Bolívar de Caracas.

Segundo a nossa Constituição, as armas da República devem estar com as Forças Armadas Nacionais Bolivariana, as nossas polícias e a Milícia Nacional Bolivariana, para proteger o povo e os interesses do país”, conclui Maduro.

E o que virou a Venezuela nos dias de hoje (2018)?
Pela simples análise dos fatos, é nítido a manipulação para o Desarmamento, deixando a população coagida e refém de um governo ditatorial, instalado após um regime socialista com pretextos de igualdade para todos, paz, etc… Clássico! Assim como todo país o qual o socialismo foi instalado.

 

O SOCIALISMO NA VENEZUELA

Os passos do Socialismo na Venezuela foram exatamente iguais aos que estão acontecendo no Brasil: desarmamento, denegrir as Forças Armadas, a Polícia e a Justiça; atacando os que trabalham e colocando-os em vergonha nacional; tirando sua força, seu dinheiro e seus recursos para as investigações; destruindo tudo, para depois inserirem a sua própria Polícia.

A Polícia Venezuelana não é legítima, é uma polícia formada por decreto tirânico. Não é por concurso, por meritocracia, e sim por sugestão ideológica da política Esquerda Socialista. E onde estão os “Direitos Humanos” na Venezuela?

Aqui no Brasil, os Direitos Humanos estão distorcendo, inclusive a questão da Segurança Pública, defendendo os bandidos e colocando a polícia como criminosa. Propositalmente, pois a intenção é que após a implantação definitiva do Socialismo em nossa Nação, as polícias serão constituídas por decreto. Serão recrutadas pessoas sem a mínima qualificação para serem policiais, pessoas com instinto maligno, que agem como quadrilheiros… Assim como ocorre na Venezuela. Nós temos a obrigação de orientar as pessoas para que elas não sejam manipuladas, como aconteceu na Venezuela.

Em nosso país vizinho houve uma Intervenção Militar, para que o Exército do país ficasse a favor da população. Porém, o povo foi contra essa Intervenção, pois estavam sendo doutrinados pela Esquerda mentirosa. E veja o que resultou da Venezuela… Hoje, pela falta de coragem do povo venezuelano, que tardou a despertar para a realidade, eles têm o seu Exército a favor do tirano Nicolás Maduro e contra a população.

Os vermelhos na Venezuela são os mesmos vermelhos criminosos que Lula abraçava: Hugo Chávez e Nicolás Maduro – para os quais Lula fez até campanha política a favor. Todos fazem parte da mesma quadrilha, que inclui não somente o PT, mas também o PMDB, o PSDB e todos os partidos. Afinal, todos fazem parte do Foro de São Paulo.

Através do criminoso Estatuto do Desarmamento, criado em 2003 no Brasil, o Estado Totalitário colocou o povo como refém da tirania do governo, de suas facções criminosas e do narcotráfico, que cometem dia após dia crimes contra a humanidade. (Ver “Ditadura do Desarmamento”: http://www.corpusiuris.org/index.php/ditadura-do-desarmamento/ )

Levantem-se!

Adsumus.

 

Fontes:

Viva Rio apaga texto que mostra como ONG ajudou a desarmar a Venezuela

Viva Rio participa de desarmamento na Venezuela

Venezuela vai avançar com Plano Nacional de Desarmamento

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/09/venezuela-lanca-plano-nacional-para-desarmamento-de-civis.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: